segunda-feira, 28 de maio de 2012

RedeTV! aposta na baixaria total com "Sexo a 3"



Difícil acreditar e entender que uma única emissora tenha estreado na mesma noite, um depois do outro, os programas “Saturday Night Live” e “Sexo a 3”. O primeiro é uma tentativa bem-intencionada de fazer um novo humorístico no Brasil. O segundo, um show inclassificável na sua mistura de baixaria, falta de sentido e humor involuntário.Com “Sexo a 3” a RedeTV! deixa de lado qualquer prurido que ainda poderia ter e assume abertamente que o seu objetivo é provocar barulho custe o que custar.

Robert Rey, o tal cirurgião plástico brasileiro com sotaque americano de Beverly Hills, apresenta o espetáculo. “A festa mais sexy do mundo só no canal mais sexy do mundo”, disse ele. “Um programa que fala de sexo, mas também de saúde, beleza e fofoca de Hollywood”.

Nada faz sentido. Mulheres seminuas, as “reyzetes”, dançam no palco e são constantemente  apalpadas pelo apresentador. É um programa “cheio de peladinha”, explica, mas também “cheio de machão”, acrescenta, porque visa o público feminino. Na estreia, três “convidados famosos” participaram de joguinhos boçais no palco. Por “famosos”, leia-se Iris Stefanelli, ex-BBB, Elieser Ambrosio, ex-BBB, e Tati Minerato, rainha da bateria da Gaviões da Fiel.
Share this article
 
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top