Pular para o conteúdo principal

PUBLICIDADE

Tempo de Amar: Resumos dos capítulos de 09 a 14 de outubro


Segunda, 09 de outubro
Maria Vitória implora para que Irmã Assunção a ajude a descobrir o paradeiro de Mariana em Portugal. No Rio, Inácio tem um mau pressentimento. Celeste compreende o sofrimento de Conselheiro por Odete. Celina desconfia de Alzira ao confrontar a mãe sobre seu parentesco com Celeste. Celina passeia com Vicente. Alzira alerta Celeste sobre o questionamento de Celina. Olímpia declara sua paixão por Edgar. Em Morros Verdes, Delfina revela a Maria Vitória que a menina tem uma tia no Rio de Janeiro e a incentiva a ir para o Brasil. Lucinda finge enviar uma carta de Inácio para Geraldo no empório no Rio de Janeiro. Geraldo lamenta a falta de notícias de Inácio e acredita que o rapaz tenha morrido. Inácio comenta com Lucinda que gostaria de reencontrar Celeste. Em Portugal, com a ajuda de Irmã Assunção, Maria Vitória foge do convento. Delfina e Tereza veem quando Fernão chega à cidade.


Terça, 10 de outubro
No Porto, Maria Vitória vende seu medalhão para comprar uma passagem para o Brasil. José Augusto exige que Padre João descubra o que aconteceu com Maria Vitória e Mariana. No Rio, Alzira fala de Mafalda para Celina e se comove ao contar sobre a sobrinha que nunca mais viu. Em Portugal, Irmã Imaculada se recusa a dar informações sobre Mariana para José Augusto. Fernão observa Tereza. Maria Vitória consegue uma passagem de navio para o Brasil e escreve para Inácio antes de embarcar. Delfina arma contra Maria Vitória e mente para que José Augusto se desencontre da filha. No Rio, Celeste sente-se mal e Conselheiro pede que a amada consulte Reinaldo. Lucinda quase beija Inácio e Tiana vê. Inácio afirma a Lucinda que é comprometido. Maria Vitória embarca para o Brasil. José Augusto se desespera à procura da filha.
Quarta, 11 de outubro
Maria Vitória conhece Helena e suas companheiras de cabine no navio. José Augusto lamenta suas atitudes para Delfina e Tereza, e jura vingança contra Inácio. Delfina comemora com Tereza a partida de Maria Vitória. No Rio, Lucinda se desculpa com Inácio por quase tê-lo beijado. Reinaldo conta a Inácio que há uma chance de o rapaz voltar a enxergar. Helena e Maria Vitória conhecem Giuseppe e Tomaso no navio a caminho do Brasil. Edgar e Vicente se envolvem em uma briga e acabam presos. Olímpia pede ajuda a Conselheiro para libertar o irmão e o namorado. Tiana comenta com Inácio que há um laboratório na casa de Reinaldo. Bernardo confessa a Alzira suas dívidas de jogo. Lucinda inventa para Inácio que Maria Vitória se casou. Em Portugal, José Augusto afirma a Padre João que encontrará Mariana.
Quinta, 12 de outubro
Inácio se desespera, e Reinaldo o acolhe. Lucinda comenta com o pai que agora Inácio está livre para refazer sua vida. Alzira expulsa Bernardo de seu quarto, e o homem pede abrigo a Balbina. Balbina sugere que Bernardo conte a Bené que é seu pai. Em Morros Verdes, José Augusto questiona a participação de Delfina na fuga de Maria Vitória. Padre João descobre que Mariana foi registrada em Lisboa e conta a José Augusto. No Rio, Conselheiro liberta Edgar, Vicente, Artur e Otávio da prisão. No navio, Maria Vitória conversa com Helena sobre Mariana e Inácio. Em Morros Verdes, Delfina afirma a Tereza que não deixará José Augusto encontrar a neta. No Rio, sofrendo com as supostas notícias de Maria Vitória, Inácio abraça Lucinda. Maria Vitória dança com Tomaso no navio. Vicente conhece Carolina, e Celina sente ciúmes. Artur se encanta por Celina. Teodoro ataca Maria Vitória no navio.
Sexta, 13 de outubro
O Imediato aparta Teodoro e Maria Vitória e exige que o deputado preste esclarecimentos ao comandante do navio. Teodoro distorce o acontecido e culpa Maria Vitória por sua agressão. No Rio, Olímpia alerta Vicente sobre os sentimentos de Celina por ele. Maria Vitória é presa, e Helena, Giuseppe e Tomaso pensam em como ajudar a amiga. Alzira desabafa com Celeste, que promete ajudar a família. Carolina diz a Vicente que gostaria de participar do Grêmio Cultural Brasileiro. Reinaldo pede que Emília abrigue Inácio e Lucinda durante sua viagem. Lucinda revela a tragédia que sofreu para Inácio, e os dois acabam se beijando. Em Morros Verdes, Delfina pensa em como unir Fernão a Tereza. Delfina arma para atrair Fernão à Quinta. No Rio, Inácio ouve quando Padre Orlando fala com Lucinda sobre seu acidente.
Sábado, 14 de outubro
Fernão cuida da suposta doença de Delfina e demonstra interesse por Tereza. José Augusto inventa para Fernão que Maria Vitória foi visitar sua tia. No Rio, Celeste repreende Bernardo, mas ajuda o cunhado. Inácio questiona Lucinda sobre tê-lo escondido de Padre Orlando e pede que a moça o ajude a embarcar para Portugal. Giuseppe e Tomaso ameaçam Teodoro, que liberta Maria Vitória da prisão do navio. Inácio sai de casa à procura de Padre Orlando, mas acaba se perdendo. Lucinda resgata Inácio. Esmeralda parabeniza Maria Vitória por sua coragem de enfrentar Teodoro e a convida para jantar no navio. Lucinda dopa Inácio. Celeste confessa a Conselheiro que teme por sua saúde. Odete confunde Edgar com Jorge. Em Portugal, Fernão beija Tereza. Alzira, Bernardo, Celina e Balbina se mudam de casa no Rio de Janeiro. Maria Vitória perde sua única foto de Inácio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Itaú lideram em cobrança abusivas

O Banco Itaú é uma das maiores financeiras da America latina em valores ativos e clientes, presente em 21 países, o banco possui cerca de 5 mil agências no Brasil e no exterior e 26 mil caixas eletrônicos e pontos de atendimento. 

A instituição também lideram em reclamação nos órgão de defesa do consumidores. O braço direito do Banco, o Itaucard lidera desde cobrança duas vezes na mesma fatura ou até erro de desconto de juros e valores cobrado indevidamente.

Quando os clientes busca os canais do Itaú para corrigir os erros, são mal atendido e também a instituição demoram na busca de solucionar os problemas, isto quando o Banco ignora o cliente sem dar nem uma solução e continuando com a cobrança indevida.


Brasil desativou 16 mil leitos pediátricos desde 2010

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas. Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil.  A pesquisa também mostra que os leitos disponíveis nos planos de saúde ou em unidades privadas caíram em 2.130 no mesmo período, com 19 estados perdendo leitos pediátricos nessa rede. São Paulo desponta com a maior queda: ao todo foram 762 unidades encerradas, seguido do Rio Grande do Sul (-251) e Maranhão (-217). Segundo os dados, os estados das regiões Nordeste e Sudeste foram os que mais sofreram com a redução de leitos de internação no SUS, com 5…

Crise na Sanepar derruba ações na Bolsa de Valor

A companhia Paranaense de saneamento Sanepar, vem passando pela sua maior crise hídrica da historia. Com as estiagem no estado do Paraná esta afetando o abastecimento de água na capital e interior. Nesta segunda-feira mais de 150 bairro entre Curitiba e região metropolitana estão sem água.
O problema da Sanepar (SAPR11), esta afetando suas movimentação na bolsa de valor derrubando suas ações em mais de  29,62% desde o começo do ano. Entre as empresas de saneamento a sua situação é a pior da B3.