Pular para o conteúdo principal

PUBLICIDADE

Deus Salve o Rei: Resumos dos capítulos de 12 a 17 de fevereiro

Foto: Divulgação

Confira o resumo semanal de "Deus Salve o Rei"

Segunda, 12 de fevereiro

Amália descobre que Afonso é seu marido. Saulo diz a Selena que talvez eles não tenham sido feitos um para o outro. Catarina e Constantino se sentem vitoriosos quando Augusto indica o duque para ser o general do exército de Artena. O médico informa a Afonso que não tem como prever quando a memória de Amália voltará. Rodolfo estranha a decisão de Lucrécia de parar com as aulas de pintura. Betânia e Brumela recebem Tila, a nova cozinheira do castelo indicada por Rodolfo. Augusto ordena uma busca por Hermes ao saber que o cavalo do barão retornou sozinho ao castelo. Diana percebe que Amália acha que ainda é noiva de Virgílio. Betânia e Brumela notam que Tila não tem nenhuma familiaridade com a cozinha. Saulo agradece a Ulisses por defendê-lo dos alunos da academia. Constantino se oferece para liderar as buscas por Hermes. Lupércio e Romero descobrem por Olegário que Hélvio está cortejando Matilda. Heráclito percebe que Lucrécia se encantou por Osiel. Heráclito diz a Lucrécia que ela precisa ocupar o seu tempo para não pensar em bobagens e sugere aula de harpa à sobrinha. Constância e Martinho notam a forma carinhosa com que Amália trata Virgílio. Augusto verifica que um de seus soldados encontrou o corpo de Hermes enterrado na floresta com a medalha de Constantino em suas mãos. Augusto declara a prisão de Constantino.


Terça, 13 de fevereiro
Catarina contesta a prisão de Constantino. Demétrio informa a Augusto que Constantino vinha recrutando mercenários com a intenção de derrubar o rei de Vicenza. Augusto anuncia que Constantino será julgado. Constância e Martinho decidem não contar a Afonso que Virgílio esteve com Amália. Constantino teme ser julgado em Vicenza. Augusto manda Demétrio comunicar aos convidados o cancelamento do casamento de Catarina. Tila leva o café da manhã de Rodolfo, a pedido do próprio rei. Lucrécia nota as desculpas de Rodolfo para não ficar com ela. Ulisses diz a Selena que não quer deixar ninguém pensar que ele tem tratamento especial na academia por ser filho de Romero. Lucrécia começa a aula de harpa. Augusto decide que Constantino será julgado em Vicenza. Diana avisa a Afonso que Amália voltou a trabalhar. Diana conta a Afonso que Amália acredita que ainda é noiva de Virgílio. Afonso flagra Amália beijando Virgílio.
Quarta, 14 de fevereiro
Afonso suplica para Amália se lembrar dele. Virgílio se aproveita da falta de memória de Amália para dizer que Afonso a seduziu com mentiras. Virgílio instiga Amália a anular seu casamento. Afonso avisa à família de Amália que se afastará por um tempo para pensar no que fazer. Constantino declara a Catarina que sua vida está nas mãos dela. Lucrécia se abala com a proximidade de Pietro durante a aula de harpa. Lucrécia tenta provocar ciúmes em Rodolfo ao levar Pietro para tocar harpa no jantar. Lucrécia confidencia a Latrine que Rodolfo não sente amor por ela. Augusto conta a Afonso que recebeu de Amália um pedido de anulação do casamento. Afonso concorda com a anulação do casamento para evitar que a mulher seja presa. Saulo decide abandonar a academia. Afonso diz a Amália que torce para que ela se lembre deles antes de se casar com Virgílio. Lucíola coloca a chave da masmorra no pão de Constantino, a pedido de Catarina. Constantino consegue sair da prisão e aproveita para levar Catarina como garantia de vida.
Quinta, 15 de fevereiro
Augusto é informado de que Constantino fugiu. Constância conta a Amália que Afonso abdicou do trono de Montemor para viver com ela. Virgílio afirma a Amália que devolverá o dinheiro da dívida de Martinho para compensar o mal que fez a ela e à família. Constantino volta para seu exército e inventa para Diógenes que Hermes o traiu. Constantino consegue o apoio de Diógenes para pedir cinco mil moedas de ouro em troca do resgate de Catarina. Augusto descobre que Catarina não está no castelo. Demétrio avisa a Augusto que Catarina foi sequestrada por Constantino. Saulo diz a Selena que para o bem dela e de todos precisa se afastar da academia. Lupércio comenta com Romero que Olegário tem interesse em Matilda. Romero se preocupa com a tosse de Hélvio. Afonso aceita o convite de Augusto para assumir o comando das tropas de Artena e libertar Catarina.
Sexta, 16 de fevereiro
Augusto dá um prazo para Constantino libertar Catarina. Diógenes aconselha Constantino a libertar Catarina, mas o duque prefere lutar. Martinho não aceita o dinheiro de Virgílio. Lucrécia desabafa com Pietro sobre o desinteresse de Rodolfo por ela. Tirso sugere aos outros presos da masmorra que eles aproveitem que a guarda do castelo foi reduzida para fugir. Saulo consegue emprego na mina com Hélvio. Augusto decide pagar o resgate de Catarina. Constantino recebe o resgate de Afonso e Demétrio e comunica que só soltará Catarina depois que o exército de Artena deixar sua tropa passar. Afonso não concorda com a decisão de Augusto de surpreender a tropa de Constantino atacando-a ao amanhecer. Tirso e os outros presos conseguem fugir e atacam a feira onde está Amália e Constância. Afonso entra escondido na tenda onde está Catarina e avisa a princesa que irá retirá-la dali.
Sábado, 17 de fevereiro
Tirso e os fugitivos saqueiam as barracas da feira. Tirso invade a casa onde Amália, Constância e Diana estão escondidas. Virgílio chega na hora em que Tirso pensa em levar Amália e vence o bandido. Afonso e Catarina se deparam com dois soldados de Constantino. Augusto decide atacar a tropa de Constantino mesmo com o desaparecimento de Afonso. Após ser orientada por Afonso a fugir pela mata, Catarina consegue encontrar Augusto e Demétrio. Afonso consegue se livrar dos soldados, mas é surpreendido por Constantino. Diógenes percebe que está derrotado e manda seus soldados baixarem as armas. Amália conta a Martinho que, se não fosse Virgílio, ela, a mãe e Diana não estariam ali. Rodolfo acha indelicado Augusto não ter respondido a sua carta de apoio e decide partir para Artena. Rodolfo pede a Orlando que fique de olho em Lucrécia durante sua ausência. Martinho se vê obrigado a agradecer Virgílio por ter salvado sua família. Catarina mente para Augusto dizendo não saber como Constantino conseguiu escapar da masmorra. Demétrio supõe que Constantino possa ter fugido levando Afonso como refém. Lucrécia descobre que Rodolfo partiu para Artena sem falar com ela. Demétrio recomenda que Augusto volte ao castelo com Catarina enquanto ele continua as buscas por Constantino e Afonso. Constantino mantém Afonso preso à árvore.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Itaú lideram em cobrança abusivas

O Banco Itaú é uma das maiores financeiras da America latina em valores ativos e clientes, presente em 21 países, o banco possui cerca de 5 mil agências no Brasil e no exterior e 26 mil caixas eletrônicos e pontos de atendimento. 

A instituição também lideram em reclamação nos órgão de defesa do consumidores. O braço direito do Banco, o Itaucard lidera desde cobrança duas vezes na mesma fatura ou até erro de desconto de juros e valores cobrado indevidamente.

Quando os clientes busca os canais do Itaú para corrigir os erros, são mal atendido e também a instituição demoram na busca de solucionar os problemas, isto quando o Banco ignora o cliente sem dar nem uma solução e continuando com a cobrança indevida.


Brasil desativou 16 mil leitos pediátricos desde 2010

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas. Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil.  A pesquisa também mostra que os leitos disponíveis nos planos de saúde ou em unidades privadas caíram em 2.130 no mesmo período, com 19 estados perdendo leitos pediátricos nessa rede. São Paulo desponta com a maior queda: ao todo foram 762 unidades encerradas, seguido do Rio Grande do Sul (-251) e Maranhão (-217). Segundo os dados, os estados das regiões Nordeste e Sudeste foram os que mais sofreram com a redução de leitos de internação no SUS, com 5…

Brasil tem 432 mortes e 10.278 casos confirmados do novo coronavírus

O balanço dos casos de covid-19 no país neste sábado (4) aponta 432 mortes em razão da doença e 10.278 casos confirmados por exeme laboratorial. Os dados são do Ministério da Saúde e foram coletados até as 14h. A taxa de letalidade registrada pela pasta no país é de 4,2%. Os novos números indicam um aumento de 72 óbitos em relação a sexta-feira (3), quando o país registrava 359 óbitos e 9.056 casos confirmados. O ministério continua trabalhando com a previsão de entrega de 20 milhões de testes para diagnóstico de covid-19, mas afirma que essa projeção depende da disponibilidade do mercado, da logística e distribuição. Para a próxima semana, cerca de 290 mil testes serão distribuídos.  Os casos seguem concentrados no Sudeste, especialmente no estado de São Paulo, com 4.466 casos dos 10.278 totais e 260 óbitos. Veja os números. Óbitos por estado Acre: 0
Amazonas: 12
Amapá: 1
Pará: 1
Rondônia: 1
Roraima: 1
Tocantins: 0
Alagoas: 2
Bahia: 7
Ceará: 22
Maranhão: 1
Paraíba: 1
Pernambuco: 2
Piauí: 4
Rio Grande do …