Pular para o conteúdo principal

PUBLICIDADE

Malhação: Resumos dos capítulos de 12 a 16 de fevereiro

Foto: Reprodução

Confira o resumo semanal de "Malhação - Viva a Diferença"

Segunda, 12 de fevereiro

Keyla e Tato esclarecem a desavença que tiveram por causa de K2. Bóris diz a Edgar que não expulsará Rafael. Ellen solicita a ajuda de Dóris em seu projeto. Gabriel pede para assistir ao filme no Cora Coralina. Edgar se recusa a ir com Malu se encontrar com JM. Luís gosta da atuação de Fio no comercial e sai com Clara para comemorar. Dóris libera a entrada de outros alunos para o CineCora. Felipe procura Lica. JM mostra para Malu sua ideia para difamar o Cora Coralina. Clara e Fio veem Malu e JM juntos.


Terça, 13 de fevereiro
Malu vê Clara e Fio juntos. Anderson se emociona com a música que Tina escreve sobre seu pai. Lica é gentil com Taís. Ellen e Juca conversam com Ernesto sobre o projeto que implantarão no Cora Coralina. Fio e Taís se interessam um pelo outro. Marta decide ajudar Ellen com seu projeto. Anderson e Tina terminam a nova música. Telma chora ao ver Mitsuko perder os cabelos. Dogão se aproxima de K1 ao vê-la discutir com MB. Clara questiona Malu sobre a proximidade com JM. Josefina vê a falsa notícia sobre a escola pública, implantada por JM e Malu, e mostra para Dóris, Bóris e Marta.
Quarta, 14 de fevereiro
Edgar gosta do clipe de Fio, e Malu tenta denegrir o rapaz. As Five estudam juntas para o Enem. Há uma passagem de tempo. Ellen e Jota começam a ensinar as crianças. Benê e Guto escolhem as músicas que irão tocar em suas provas de habilidade. Keyla decide fazer uma festa surpresa para Tato. Tina sai de casa abalada com o estado de Mitsuko. Chega o dia da prova. Clara vê Fio entrosado com Taís. Julinho pede para estudar na nova escola particular, a The Best, e Josefina o repreende. Malu fica insegura com a pouca procura à sua escola. Roney busca Tato no local da prova e na volta para casa são abordados por Aldo na rua.
Quinta, 15 de fevereiro
Aldo ataca Tato e Roney. Marta reclama das notícias falsas sobre as escolas públicas. JM passa para Malu o contato do jornalista que publica as notícias falsas sobre o Cora Coralina. Dóris obriga Josefina a ir atrás de Cícero para pagar a pensão para os filhos. Tato chega com Roney à lanchonete e encontra a festa surpresa para ele. Roney conta a Keyla o que aconteceu com Tato. Jota se irrita por ter tirado uma nota menor que Juca. Clara ouve Juca tocando violão. Benê pensa em desistir de fazer faculdade por falta de dinheiro. Tato afirma a Keyla e Roney que não vai mais atrás de Aldo.
Sexta, 16 de fevereiro
Keyla tenta conversar com Tato sobre Aldo. Bóris comunica a Jota e Ellen que eles darão uma entrevista sobre o projeto que desenvolvem no Cora Coralina. Edgar repreende Malu por falar com o jornalista da sala dele. JM passa para o nome de MB o novo colégio de Malu e Edgar. Guto convence Benê a treinar com ele para a prova de habilidade específica da faculdade. Juca começa a trabalhar na lanchonete de Roney. Mitsuko teme o resultado dos exames. Tato decide procurar Aldo. Keyla exige que Roney conte por que ele e Aldo brigaram. MB confidencia a Lica sobre o colégio que JM passou para seu nome.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Itaú lideram em cobrança abusivas

O Banco Itaú é uma das maiores financeiras da America latina em valores ativos e clientes, presente em 21 países, o banco possui cerca de 5 mil agências no Brasil e no exterior e 26 mil caixas eletrônicos e pontos de atendimento. 

A instituição também lideram em reclamação nos órgão de defesa do consumidores. O braço direito do Banco, o Itaucard lidera desde cobrança duas vezes na mesma fatura ou até erro de desconto de juros e valores cobrado indevidamente.

Quando os clientes busca os canais do Itaú para corrigir os erros, são mal atendido e também a instituição demoram na busca de solucionar os problemas, isto quando o Banco ignora o cliente sem dar nem uma solução e continuando com a cobrança indevida.


Brasil desativou 16 mil leitos pediátricos desde 2010

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas. Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil.  A pesquisa também mostra que os leitos disponíveis nos planos de saúde ou em unidades privadas caíram em 2.130 no mesmo período, com 19 estados perdendo leitos pediátricos nessa rede. São Paulo desponta com a maior queda: ao todo foram 762 unidades encerradas, seguido do Rio Grande do Sul (-251) e Maranhão (-217). Segundo os dados, os estados das regiões Nordeste e Sudeste foram os que mais sofreram com a redução de leitos de internação no SUS, com 5…

Brasil tem 432 mortes e 10.278 casos confirmados do novo coronavírus

O balanço dos casos de covid-19 no país neste sábado (4) aponta 432 mortes em razão da doença e 10.278 casos confirmados por exeme laboratorial. Os dados são do Ministério da Saúde e foram coletados até as 14h. A taxa de letalidade registrada pela pasta no país é de 4,2%. Os novos números indicam um aumento de 72 óbitos em relação a sexta-feira (3), quando o país registrava 359 óbitos e 9.056 casos confirmados. O ministério continua trabalhando com a previsão de entrega de 20 milhões de testes para diagnóstico de covid-19, mas afirma que essa projeção depende da disponibilidade do mercado, da logística e distribuição. Para a próxima semana, cerca de 290 mil testes serão distribuídos.  Os casos seguem concentrados no Sudeste, especialmente no estado de São Paulo, com 4.466 casos dos 10.278 totais e 260 óbitos. Veja os números. Óbitos por estado Acre: 0
Amazonas: 12
Amapá: 1
Pará: 1
Rondônia: 1
Roraima: 1
Tocantins: 0
Alagoas: 2
Bahia: 7
Ceará: 22
Maranhão: 1
Paraíba: 1
Pernambuco: 2
Piauí: 4
Rio Grande do …