Pular para o conteúdo principal

PUBLICIDADE

Jovem denuncia Burger King de racismo

Foto: Joe Raedle/Getty Images

O internacionalista (profissional formado em Relações Internacionais) David Zambelli Jr. denunciou um episódio de racismo que teria sofrido em uma lanchonete da rede Burger King na Vila Nova Conceição, na zona sul da cidade de São Paulo. No Facebook, ele compartilhou a foto de uma nota fiscal na qual é identificado como “macaco” no campo cliente.
“Racismo é crime, fui chamado de ‘macaco’. O preconceito racial é uma ‘doença’ que deve ser eliminada da sociedade brasileira. É inadmissível que em pleno século XXI, em 2018, ainda possa acontecer esse tipo de atitude racista”, escreveu Zambelli.
Segundo o jovem, o caso teria ocorrido na madrugada de sábado, 24, na lanchonete da rede localizada na Avenida Santo Amaro. “Até quando isso irá existir no Brasil? Hoje foi comigo, amanhã pode ser com você!”, acrescentou.
O jovem registrou um boletim de ocorrência de injúria racial na Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). “A vítima prestou depoimento e imagens da câmera de monitoramento do estabelecimento serão solicitadas para identificação do autor”, informou a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo por meio de nota.
No momento do incidente, Zambelli estava acompanhado da diplomata norte-americana Littane Bien-Aime, que costuma frequentar a lanchonete. “A cor da sua pele ainda te define nos olhos de muitas pessoas da pior forma”, desabafou Littane em uma postagem sobre o episódio, na qual conta outras situações de racismo que enfrentou no Brasil.
A postagem do internacionalista foi compartilhada mais de 845 vezes no Facebook até as 13h desta terça-feira, 27.
O caso também foi comentado pelo pai do jovem, Luiz Paulo Lima, que escreveu:”Ontem postei uma imagem com a legenda ‘silêncios’,uma forma de me manifestar diante de tanta barbárie acontecendo no mundo. Hoje me deparo com mais um dos modelos já se tornando clássico das formas de racismo. Tal fato aconteceu com meu filho, mas pode ter acontecido com outras pessoas”.
Na postagem, Lima ainda ressalta que a “solução pedagógica” é um processo criminal. “Não tem outro caminho além de nunca mais botar os pés neste lugar. Vão sentir no bolso”, disse.
Por meio de nota, o Burger King informou que “tomou conhecimento do caso relatado” e que “está apurando o ocorrido para que as medidas necessárias sejam tomadas”. “A companhia reitera que repudia todo e qualquer ato discriminatório”, escreveu.


Fonte: Exame

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Itaú lideram em cobrança abusivas

O Banco Itaú é uma das maiores financeiras da America latina em valores ativos e clientes, presente em 21 países, o banco possui cerca de 5 mil agências no Brasil e no exterior e 26 mil caixas eletrônicos e pontos de atendimento. 

A instituição também lideram em reclamação nos órgão de defesa do consumidores. O braço direito do Banco, o Itaucard lidera desde cobrança duas vezes na mesma fatura ou até erro de desconto de juros e valores cobrado indevidamente.

Quando os clientes busca os canais do Itaú para corrigir os erros, são mal atendido e também a instituição demoram na busca de solucionar os problemas, isto quando o Banco ignora o cliente sem dar nem uma solução e continuando com a cobrança indevida.


Brasil desativou 16 mil leitos pediátricos desde 2010

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas. Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil.  A pesquisa também mostra que os leitos disponíveis nos planos de saúde ou em unidades privadas caíram em 2.130 no mesmo período, com 19 estados perdendo leitos pediátricos nessa rede. São Paulo desponta com a maior queda: ao todo foram 762 unidades encerradas, seguido do Rio Grande do Sul (-251) e Maranhão (-217). Segundo os dados, os estados das regiões Nordeste e Sudeste foram os que mais sofreram com a redução de leitos de internação no SUS, com 5…

Brasil tem 432 mortes e 10.278 casos confirmados do novo coronavírus

O balanço dos casos de covid-19 no país neste sábado (4) aponta 432 mortes em razão da doença e 10.278 casos confirmados por exeme laboratorial. Os dados são do Ministério da Saúde e foram coletados até as 14h. A taxa de letalidade registrada pela pasta no país é de 4,2%. Os novos números indicam um aumento de 72 óbitos em relação a sexta-feira (3), quando o país registrava 359 óbitos e 9.056 casos confirmados. O ministério continua trabalhando com a previsão de entrega de 20 milhões de testes para diagnóstico de covid-19, mas afirma que essa projeção depende da disponibilidade do mercado, da logística e distribuição. Para a próxima semana, cerca de 290 mil testes serão distribuídos.  Os casos seguem concentrados no Sudeste, especialmente no estado de São Paulo, com 4.466 casos dos 10.278 totais e 260 óbitos. Veja os números. Óbitos por estado Acre: 0
Amazonas: 12
Amapá: 1
Pará: 1
Rondônia: 1
Roraima: 1
Tocantins: 0
Alagoas: 2
Bahia: 7
Ceará: 22
Maranhão: 1
Paraíba: 1
Pernambuco: 2
Piauí: 4
Rio Grande do …