Pular para o conteúdo principal

PUBLICIDADE

Ônibus de Lula é atacado a tiros no Paraná

Foto: Reprodução

Manchetes do UOL e do G1 relatam os acontecimentos de hoje no Paraná: “Ònibus de Lula são atacados a tiros no PR; ‘Querem matá-lo’, diz Gleisi (UOL). “Ônibus da caravana de Lula é alvo de dois tiros no Paraná” (G1 e O Globo). De fato, há indícios de mais de dois tiros disparados contra a caravana. Um foi o disparado contra a lataria, que está registrado na foto desse artigo. O outro, foi disparado contra o parabrisa dianteiro. Ao que parece, outros disparos foram ouvidos pela comitiva, embora não tenham acertado os veículos.
Afinal de contas, se trata de algo extraordinário e de um fato inesperado? De modo algum. É o que pode haver de mais normal dentro da conjuntura sinistra que vivemos. A selvageria está revelando o contrário da civilização e do “Brasil primeiro mundo” que o Sul gosta de ostentar.
Aliás, desde a violência hedionda de Beto Hitler contra os professores que protestavam pela educação, com 200 educadores feridos e barbaramente humilhados, não há dúvidas do que o Sul Maravilha é capaz.
É sob o véu de proteção e cumplicidade do judiciário, da mídia e da polícia, que a violência vem correndo com relativa liberalidade sob a cegueira oportuna da vista grossa – Quantos agressores foram detidos até agora? Que autoridade fez pronunciamento pedindo tolerância? Quem advertiu dos perigos de um ataque tão grotesco à democracia?
É evidente que as autoridades celeradas brasileiras, estão apostando no pior: um tiro (mera bala perdida), um punhalada (facada desferida por algum desmiolado), um paralelepípedo lançado sem intenções de causar dano maior, enfim, um acidente advindo do fervor dos ânimos, retiraria definitivamente um obstáculo do caminho.
Querem fazer com Lula o que acabam de fazer com Marielle. A ideia é realizar uma chacina crendo que as coisas ficarão por isso mesmo. Se é possível atirar contra um ex-presidente e não se ouvir um grito unânime de indignação dos poderes do país, é isso mesmo que terminará acontecendo. Que a mídia, cobrindo com parcialidade e distorção os fatos, incite à violência contra Lula, é algo que se compreende.
Mas a degradação institucional que estamos assistindo é inominável. Esquecem que o assassinato de Lula levantaria um furor semelhante ao ocorrido com Marielle. Mas de intensidade imensamente maior, e com ódio multiplicado por algumas dezenas de milhões dos seus eleitores. Se Marielle, que era quase inteiramente desconhecida no país, produziu a tsunami de indignação que acabamos de assistir. Imagem Lula. É bom que o estado delinquente que o Brasil tem hoje pense duas vezes antes de dar corda solta aos assassinos.
As guerras civis começam muitas vezes assim.


Fonte: O Cafezinho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Itaú lideram em cobrança abusivas

O Banco Itaú é uma das maiores financeiras da America latina em valores ativos e clientes, presente em 21 países, o banco possui cerca de 5 mil agências no Brasil e no exterior e 26 mil caixas eletrônicos e pontos de atendimento. 

A instituição também lideram em reclamação nos órgão de defesa do consumidores. O braço direito do Banco, o Itaucard lidera desde cobrança duas vezes na mesma fatura ou até erro de desconto de juros e valores cobrado indevidamente.

Quando os clientes busca os canais do Itaú para corrigir os erros, são mal atendido e também a instituição demoram na busca de solucionar os problemas, isto quando o Banco ignora o cliente sem dar nem uma solução e continuando com a cobrança indevida.


Brasil desativou 16 mil leitos pediátricos desde 2010

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas. Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil.  A pesquisa também mostra que os leitos disponíveis nos planos de saúde ou em unidades privadas caíram em 2.130 no mesmo período, com 19 estados perdendo leitos pediátricos nessa rede. São Paulo desponta com a maior queda: ao todo foram 762 unidades encerradas, seguido do Rio Grande do Sul (-251) e Maranhão (-217). Segundo os dados, os estados das regiões Nordeste e Sudeste foram os que mais sofreram com a redução de leitos de internação no SUS, com 5…

Brasil tem 432 mortes e 10.278 casos confirmados do novo coronavírus

O balanço dos casos de covid-19 no país neste sábado (4) aponta 432 mortes em razão da doença e 10.278 casos confirmados por exeme laboratorial. Os dados são do Ministério da Saúde e foram coletados até as 14h. A taxa de letalidade registrada pela pasta no país é de 4,2%. Os novos números indicam um aumento de 72 óbitos em relação a sexta-feira (3), quando o país registrava 359 óbitos e 9.056 casos confirmados. O ministério continua trabalhando com a previsão de entrega de 20 milhões de testes para diagnóstico de covid-19, mas afirma que essa projeção depende da disponibilidade do mercado, da logística e distribuição. Para a próxima semana, cerca de 290 mil testes serão distribuídos.  Os casos seguem concentrados no Sudeste, especialmente no estado de São Paulo, com 4.466 casos dos 10.278 totais e 260 óbitos. Veja os números. Óbitos por estado Acre: 0
Amazonas: 12
Amapá: 1
Pará: 1
Rondônia: 1
Roraima: 1
Tocantins: 0
Alagoas: 2
Bahia: 7
Ceará: 22
Maranhão: 1
Paraíba: 1
Pernambuco: 2
Piauí: 4
Rio Grande do …